Camarada,Plenitude não ‘tá de brincadeira (Portuguese - download pdf or read online

By Josefina Báez,Dulcina Abreu,Cristiane Lira

Pessoal. Subjetivo. Limitado.
Testemunho. Sonho poético. Ficcional.


Performance poetry. On internal direction. good looks. contradictions. Love. Loving. Silence.
"Personal. Subjective. Limited.Testimonial. Poetic dream. Fictional".

"Comrade Bliss Ain’t enjoying is a functionality textual content released by way of the Dominican author and actress Josefina Báez. the luxurious and lyrical writing wraps round the principles of mysticism, self-affirmation, spirituality, language, identification, love and braveness with a normal ease—and even supposing it’s technically a functionality textual content, it doubles as a protracted and winding singular poem jam-packed with mischief, disappointment, shock, wish and beauty. Josefina Báez is a grasp technician of be aware assemblage and a global performer of the top order" .

Charlie Vázquez for Being Latino
Show description

Silêncio (Portuguese Edition) by Shusaku Endo PDF

By Shusaku Endo

Silêncio, cuja acção decorre no século XVII, conta-nos a história de um missionário português envolvido na aventura espiritual da conversão dos povos orientais, o qual acaba por apostatar, após ter sido sujeito às mais abomináveis pressões das autoridades japonesas, para evitar que um grupo de fiéis seja por ordem delas torturado até à morte. Antes de chegar ao Japão, a sua viagem leva-o a Goa, depois a Macau e, finalmente, a Nagasáqui e Edo, em etapas que pouco a pouco o transportam a esse Oriente hostil, onde no entanto já se contam alguns milhares de convertidos à fé católica. Aí descobre, na luta contra as pessoas e o ambiente adversos, a verdadeira fé, liberta de todo o aparato externo, eclesiástico ou mundano. E aí acaba por experimentar a derradeira solidão, que é o destino daqueles que quebram a comunhão com o que mais profundamente marca a sua identidade.
Show description

Christopher Hitchens's Deus não é grande: como a religião envenena tudo (Portuguese PDF

By Christopher Hitchens

Christopher Hitchens, um dos intelectuais mais polêmicos e influentes dos últimos 30 anos, coloca em xeque o papel da religião em livro que é best-seller mundial



“Deus não criou o homem à sua própria imagem, foi o contrário”. Essa afirmação norteia o escritor e jornalista britânico Christopher Hitchens no livro Deus não é grande – como a religião envenena tudo. Como todo e qualquer ser supremo, na verdade, Deus não passaria de uma criação humana, e as consequências disso são a profusão de deuses e de religiões e as guerras entre e no inside dos credos e que retardaram o desenvolvimento da civilização.


A religião organizada, por ser imoral, irracional, intolerante e racista, segundo o autor, degrada as crianças ao doutriná-las e provoca a repressão sexual; controla a alimentação e aumenta a culpa ao multiplicar as proibições mais arbitrárias possíveis; distorce as origens do ser humano e do cosmos; incentiva o fanatismo, sendo cúmplice da ignorância e do obscurantismo. Mesclando erudição e humor, Hitchens chega a essas conclusões se apoiando em experiências pessoais, fatos históricos e análises críticas de textos religiosos. As análises se concentram no cristianismo, judaísmo e islamismo, mas também há menções ao budismo e ao hinduísmo.


Sua perspicácia o levou a travar célebres embates contra ícones incontestáveis da religiosidade e do bem, como madre Teresa de Calcutá, que será canonizada pelo Vaticano em setembro 2016. Hitchens relata como o jornalista Malcolm Muggeridge lançou a marca “Madre Teresa” em todo o mundo ao contar o episódio em que ela teria emitido um brilho, um halo luminoso. A verdade, esclarece Hitchens, é que o suposto “milagre” devia-se à filmagem em condições de pouca luz e com um novo tipo de filme da Kodak.


Suas objeções à fé religiosa também englobam casos de pedofilia na Igreja Católica dos Estados Unidos, episódios de intolerância religiosa entre católicos e protestantes na Europa e conflitos motivados pelo radicalismo de judeus e muçulmanos no Oriente Médio.


Hitchens defende que nenhuma religião oferece uma resposta satisfatória às questões fundamentais da existência humana, cujos dilemas morais e éticos, segundo ele, estariam mais bem representados em autores clássicos, como Shakespeare, Dostoiévski e Tólstoi, do que em qualquer escritura sagrada. Em sua visão, o perfect seria que a ética e a investigação científica substituíssem a religião. “Se você dedicar um pouco de pace a estudar as impressionantes fotografias tiradas pelo telescópio Hubble, estará examinando coisas que são muito mais assombrosas e belas – e mais caóticas e atordoantes e ameaçadoras – que qualquer história da criação”, assegura o autor.
Herdeiro intelectual de George Orwell e de Thomas Paine, Christopher Hitchens foi um autêntico livre pensador e manteve sua coragem e seus princípios até o fim da vida. Morreu em 2011, um ano e meio depois de descobrir que tinha câncer no esôfago, e não se curvou nem nesse momento diante de divindades ou de religiões.

Show description

Sôbolos Rios Que Vão (Portuguese Edition) by ANTÓNIO LOBO ANTUNES PDF

By ANTÓNIO LOBO ANTUNES

Entre os últimos dias de Março e os primeiros de Abril de 2007, depois de uma operação grave, o narrador, entre as dores e a confusão provocada pela anestesia e pelos medicamentos, recupera fragmentos da sua vida e das pessoas que a atravessaram: os pais e os avós, a vila da sua infância, a natureza da serra os amores e desamores. Como um rio que corre, vamos vivendo com ele as humilhações da doença, a proximidade da morte, e o chamamento da vida.
Show description

Download e-book for kindle: Sol de Inverno ultimos versos (Portuguese Edition) by António Feijó

By António Feijó

Sol de Inverno ultimos versos
António Feijó, poeta e diplomata português (1859-1917)

Este livro apresenta «Sol de Inverno ultimos versos», de António Feijó.

Índice interativo:
- Apresentação
- Prefacio
- Antonio Feijó, O Que Morreu De Amor
- Dedicatoria
- Elegia De Abertura
- Parte I. Sol De Inverno
- Descendo A Encosta Do Parnaso
- A Armadura
- A Cidade Do Sonho
- Beatitude Amarga
- Castello Bárbaro
- A Aguia Prisioneira
- A Selva Escura
- O Livro Da Vida
- Parte Ii.dyptico
- ecu E Tu
- Paladinos
- Cabellos Brancos
- Somnambula
- Cysne Branco
- Súpplica Ao Vento
- Gota De Agua
- A Ventura
- Entre Pinheiros E Cyprestes
- Rio Amargo
- Parte Iii.hymno Á Vida
- Hymno Á Vida
- Hymno Á Belleza
- Hymno Á Dor
- Hymno Á Alegria
- Hymno Á Solidão
- Hymno Á Solidão
- Hymno Á Morte
- Epilogo
- Lendas E Fabulas
- Preludio
- O Amor E O Tempo
- Fabula Antiga
- Cleopatra
- Moiro E Christã
- A Resposta Do Árabe
- A Vocação D'ibrahim
- Princesa Encantada
- O Romance Da Pastora Linda
- A Lenda Dos Cysnes
Show description

Miguel de Cervantes Saavedra's O Engenhoso Fidalgo Dom Quixote de La Mancha (Portuguese PDF

By Miguel de Cervantes Saavedra

O Engenhoso fidalgo Dom Quixote de l. a. Mancha, obra-prima de Miguel de Cervantes Saavedra, é o romance mais importante da literatura em língua espanhola. Grandes críticos, historiadores e leitores fizeram dele a segunda obra mais traduzida e editada do mundo, depois da Bíblia. Dom Quixote, entregue ao delírio causado pela leitura excessiva de livros de cavalaria, sai pelas planícies espanholas para impor justiça, na companhia de seu fiel escudeiro Sancho Pança. A dupla então vive uma variada sequência de aventuras e confrontos no limite entre a realidade e a fantasia, narradas por Cervantes com malícia, compaixão e bom humor.
Show description